As despesas com abastecimento de veículos são os que têm maior peso nos custos das empresas, em especial as do ramo de transporte. Daí a importância de reduzir gastos com combustível de forma eficiente, para manter ou mesmo aumentar a rentabilidade da empresa.

Algumas dicas práticas ajudam a economizar combustível. Há despesas, que podem ser controlados dependendo da maneira como o motorista dirige. É o caso do consumo de combustível e do desgaste de pneus, que podem ser maior ou menor, conforme o modo de direção do condutor.

Outra medida que contribui para redução do consumo é o uso de cartões de combustível, como o CTF BR Frota, que permite ao gestor definir regras de uso, como controle de cotas de consumo, dias e horários liberados para abastecimento, tipo de combustível a ser utilizado, além de oferecer total segurança, pois elimina o uso do dinheiro e tem um chip anti-clonagem.

Confira cinco dicas simples que ajudam a reduzir o consumo de combustível:

1.Pneus calibrados

O motor do carro pode ser mais exigido, aumentando assim o consumo de combustível, se os pneus estiverem murchos ou mal calibrados. A calibração inadequada aumenta o atrito do pneu no solo, o que aumenta o consumo de combustível, pois o esforço é maior. A calibragem deve ser feita no máximo a cada 15 dias, seguindo as orientações das montadoras para pressão, que é diferente para traseira e dianteira e se o veículo está carregado ou não. Os pneus podem ser responsáveis por até 20% do consumo. Também é altamente recomendável manter a direção alinhada para economizar combustível.

2.Manutenção do óleo e do filtro de ar

Fique em dia com a manutenção do carro. Verifique as condições de velas, cabos de ignição e filtros de ar. Se a queima de combustível não estiver sendo bem feita, haverá elevação de consumo. As velas, cuja função é gerar energia na câmara de combustão para iniciar a queima da mistura ar/combustível, estão entre os itens de manutenção que mais influenciam no consumo dos carros. Devem ser trocadas conforme a quilometragem recomendada pela montadora. O filtro de ar sujo diminui o fluxo de ar para o motor, prejudicando a mistura de ar e combustível ideal para o bom rendimento do motor. Por isso, siga o que recomenda o manual do veículo para a troca do filtro. Caso o motorista transite muito em estradas com poeira, areia ou lama, a substituição do filtro deve ser feita antes do prazo indicado no manual. Observe também o óleo. Um óleo de qualidade duvidosa ou vencido pode aumentar o consumo de combustível, pois o atrito do motor será maior, provocando aquecimento.

3.Abastecimento confiável

Passe longe de postos de marcas desconhecidas e que ofereçam combustível por um preço muito mais baixo do que a concorrência. Procure abastecer em postos de preferência vinculados a grandes redes e frequentados por frotistas e taxistas, o que costuma ser um bom sinal. Empresas de frotas e taxistas abastecem com mais frequência e tendem a saber quais postos são confiáveis e têm melhor relação custo-benefício. Esses cuidados evitam abastecer o carro com combustível batizado ou bombas com irregularidades.

4.Desligue o motor

Especialistas recomendam que quando o carro ficar parado mais de vinte segundos, num congestionamento ou esperando alguém, o motorista desligue o motor, se for possível, claro. Com isso, dependendo do tamanho do motor e do uso de ar condicionado, a economia com combustível pode ser de um a dois litros por hora.

5.Troca de marchas

Realizar de maneira correta a troca de marchas, nos tempos certos, pode diminuir os gastos com combustível.  As marchas servem para passar a força do motor para as rodas. Se o motorista acelera demais e passa do limite indicado para cada marcha, provoca desgaste do motor e desperdício de combustível. Mas acelerar de menos também não é bom, pois a velocidade baixa vai diminui a marcha e repetir o movimento, consumindo mais combustível. A aceleração deve ser feita de maneira suave. Não é recomendável usar o ponto morto em descidas – procure descer com o veículo engrenado e sem acelerar.

Quer ficar por dentro das novidades sobre gestão de frota? Assine a nossa newsletter e não esqueça de conferir os nossos posts no Facebook e LinkedIn.